terça-feira, 8 de abril de 2014

Ciência e Espiritualidade

Há muito tempo se observa, mesmo empiricamente, que pessoas que tem fé, que cultivam  a espiritualidade em quaisquer de suas manifestações, tem melhor recuperação em casos de tratamentos de saúde.

O preconceito e a suposta oposição entre religião/ fé e ciência, cultivada por alguns cienticistas ao longo do tempo,  disseminou a visão de que ciência é sinônimo de verdade e a fé é "misticismo", "fantasia" ,
Felizmente porém, cientistas em diversas partes do mundo estão pesquisando seriamente o mecanismo pelo qual a fé propicia melhor resposta a tratamentos e maior índice de cura.

Por exemplo, em reportagem do Jornal Zero hora de 04/04/2014,a médica psiquiatra Anahy Fagundes Dias Fonseca afirma que uma investigação do National Institutes of Health mostra a religião como responsável pela melhora em até 80% diferentes desfechos clínicos, principalmente casos de hipertensão, doenças cardíacas, cerebrovasculares e gastrointestinais, disfunção imunológica, câncer e dor.

Estamos cada vez mais conscientes que não somos apenas  apenas um corpo, mas temos uma natureza muito mais complexa, misteriosa e profunda. Portanto a saúde é abrangente.. Refere-se ao ser humano em sua plenitude: corpo, mente, emoções e espírito. Quando um desses elementos é afetado, haverá repercussão em todos os outros aspectos. Assim, o tratamento e a busca da cura para doenças diversas nunca pode se restringir apenas a um único ponto de vista, o do corpo com suas sinapses, sínteses e movimentos.

Há algo invisível agindo no corpo, uma força que direciona e afeta as células. A fé acessa essa energia que leva a pessoa a  ter  horizontes diferentes daqueles prognósticos desanimadores,  que muitas vezes os exames mais modernos apresentam. É assim que, mesmo diante da morte inevitável, essa força não cessa, levando a pessoa a uma atitude corajosa nesse momento crucial. . A crença na espiritualidade  coloca a morte na perspectiva de transição e não do fim da existência.   

Ao contrário do que afirmam os céticos,  a fé não alimenta uma esperança vazia ou infantil na cura. Cultivar a espiritualidade promove a saúde, a força interior, conexão do "eu"com o Universo. É a presença de Deus acesa na alma humana, que se mobiliza em defesa da vida plena.

Leia a reportagem no link abaixo 

Pesquisadores debatem relação entre ciência e espiritualidade


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...