Postagens

Mostrando postagens de Maio, 2010

A hora da morte: fatalidade?

Imagem
Vivemos como se não fôssemos morrer, mesmo sabendo que isto acontecerá um dia. Quando? Eis a questão. Não temos como saber.  A grande pergunta que fica é: há um dia específico marcado para a partida? Este momento pode acontecer a qualquer hora? Deus permite o prolongamento de uma existência além do que estava "destinada" à pessoa? 
Tais questões fundamentais estão presentes, de modo esparso, na obra de Chico Xavier, Yvonne Pereira, entre outros. Mas especialmente no livro Obreiros da Vida Eterna, do espírito André Luiz, psicografado por Chico. O livro contém histórias de pessoas que vivenciam o momento do desencarne, se entrelaçam, acompanhadas pelos espíritos responsáveis pelo desprendimento dos laços que nos ligam à carne. 
Em colaboração junto a um grupo socorrista que atua na colônia espiritual Nosso Lar, André Luiz participa das atividades, relacionadas ao momento da morte e adaptação ao plano espiritual,  de pessoas em diferentes situações, mas que merecem uma atenção es…

Vida após a morte e ciência

Veja a entrevista sobre trauma, superação e espiritualidade, com o Dr. Julio Peres. Muito interessante. No Programa do Jô. Aqui

Grande Formiga, nossa homenagem

Imagem
Euricledes Formiga foi um médium singular. Viveu sua infância em uma pequena cidade da Paraíba, pobre, quase sem recursos. Desde os dez anos, declamava "Navio Negreiro", de Castro Alves, de memória. Sua prodigiosa memória, talento poético e inteligência lhe valeram, na juventude, contatos preciosos com artistas, poetas nordestinos, repentistas e boêmios. O caminho da infância simples de menino pobre, até se tornar o intelectual, escritor e poeta, pesquisador do folclore brasileiro, espírita, médium e funcionário do poder judiciário não foi fácil. Sua biografia relata de forma sintética este percurso. Antes, porém, quero colocar aqui algumas curiosidades. 
Sua memória excepcional foi estudada e classificada entre as quatro maiores do mundo. Junto a isso, o seu caráter espirituoso, bem ao jeito nordestino, com bom humor aliado às tiradas inteligentes e divertidas o tornavam uma pessoa carismática e cativante... Era capaz de se apropriar do conteúdo de qualquer livro em alguns m…