Postagens

Mostrando postagens de Março, 2008

"Há muitoas moradas na casa de meu pai"

Imagem
O Livro dos Espíritos

Questões 55 a 59:- Sim! Há vida em todos os globos que se movem no Espaço!- Deus povoou de seres vivos os mundos e pensar ao contrário será duvidar de Sua sabedoria [por que o Criador faria coisas (mundos) inúteis?].- A constituição física dos habitantes difere de mundo a mundo, embora a forma corpórea, em todos os mundos seja a mesma da do homem terrestre, com menor ou maior embelezamento e perfeição, segundo a condição moral dos habitantes;- Mundos afastados do Sol têm outras fontes de luz e calor, adequados à constituição dos respectivos habitantes; muitos mundos têm fontes próprias, tais como a eletricidade, com outros empregos, sem compreensão terrena.Questões 172 a 188:- A existência corporal na Terra é das mais grosseiras e das mais distantes da perfeição;- As diversas existências físicas do homem podem ser na Terra bem como em outros mundos; o início dessas existências não terá sido aqui, bem como seu término também não o será;- A multiplicidade de vidas …

Belo poema

Imagem
Símbolo
Casimiro Cunha


Sobre a lama de um monturo
Um branco lírio sorria,
Alvo, belo, delicado,
Perfumando a luz do dia.

Vendo essa flor cariciosa
No pantanal sujo e imundo,
Via o símbolo do Bem
Entre os males deste mundo.

Pois entre as trevas e as dores
Da vida de provações,
Pode existir a bondade
Irradiando clarões.

E o coração que cultiva
A caridade e o amor,
É a flor cheia de aromas,
Cheia de viço e frescor

Que mesmo dentro da treva
Do mundo ingrato, sem luz,
É lírio resplandescente
Do puro amor de Jesus.


(In: Parnaso de Além-Túmulo, psic. F. C. Xavier, 8a. ed., Rio, Federação Espírita Brasileira, 1967, p. 184.)

Video interessante de xperiência de quase morte

Além da matéria

Além de ser um belo livro de Robson Pinheiro, existe um programa semanal na radio Boa Nova, um programa com o próprio médium.

http://www.radioboanova.com.br/offline.php?prog=130#

O Espírito de chico Xavier

Este livro foi psicografado por Baccelli e tem frases muitointeressantes e belaspassagens. Seguem alguns exemplos

(...)Vigilância´significa prontidão mental contra as própriasimperfeições.

Ser espírita é mais importante que ser médium, todavia ser cristão é essencial

(...)Mediunidade pode ficar pra depois, fraternidade não.

Pouca discussão é luz, muita é incêndio.

O espiritismo de fato, liberta as consciências aprisionadas, mas é o Evangelho que lhes ensina o que fazer com a liberdade adquirida.

O espiritismo, sobretudo, é mensagem de esperança para ps marginalizados de todas as procedências.

Nada é mais prejudicial à expansão da Doutrina que o moralismo extremo de seus adeptos.

E muito mais

Somos espíritos: A educação é a solução?

A educação é a solução?

Imagem
Todos dizem que o principal desafio do mundo atual é a educação. E lá se vão pesquisando escolas, métodos, acesso a instituição escolar desde a pré escola, etc. Mas particularmente não acho que esta educação, embora essencial na fomração da pessoa, seja a que tranforma a socicedade. Neste ponto é que o espiritismo traz uma proposta realmente transformadora. A educação que se faz necessária é a do espírito. E esta não está subordinada ao ensino formal, mas é principalmente nos lares, nas relações familiares e interpessoais que se forma e transforma a personalidade humana. A educação que o nosso mundo precisa é de ensinar as crianças a brincar e respeitar os colegas, é olhar nos olhos e falar com carinho uns com os outros, é fazer o almoço de domingo em família, aquela comida especial, é construir juntos barcos de papel e aviòes, é dar as mãos e passear na praça. é também falar de Deus, de jesus, contar histórias e falar sobre a vida. Valorizar a vida de todos os seres, economizar os re…

Poema da gratidão

Anália Franco: lutadora contra a discriminação

Nascida na cidade de Resende, Estado do Rio de Janeiro, no dia 10 de fevereiro de 1856, e desencarnada em S. Paulo, no dia 13 de janeiro de 1919. Seu nome de solteira era Anália Emília Franco. Após consorciar-se em matrimônio com Francisco Antônio Bastos, seu nome passou a ser Anália Franco Bastos, entretanto, é mais conhecida por Anália Franco.

Com 16 anos de idade entrou num Concurso de Câmara dessa cidade e logrou aprovação para exercer o cargo de professora primária. Trabalhou como assistente de sua própria mãe durante algum tempo. Anteriormente a 1875 diplomou-se Normalista, em S. Paulo.

Foi após a Lei do Ventre Livre que sua verdadeira vocação se exteriorizou: a vocação literária. Já era por esse tempo notável como literata, jornalista e poetisa, entretanto, chegou ao seu conhecimento que os nascituros de escravas estavam previamente destinados à "Roda" da Santa Casa de Misericórdia. Já perambulavam, mendicantes, pelas estradas e pelas ruas, os negrinhos expulsos das faz…