domingo, 2 de novembro de 2008

O mistério de Edwin Drood, Charles Dickens


Este livro, com tradução e revisão de Hermírio C. Miranda é dos mais interessantes. O  autor, Charles Dickens, morreu em 1870, deixando a obra incompleta. Eis que em  1872, Dickens se manifesta nos Estados Unidos através da mediunidade  de um jovem e desconhecido mecânico semianalfabeto,  escrevando o desfecho  da obra. 
O livro ficou pronto em 1873 e ninguém consegue perceber onde o escritor encarnado parou e onde o autor espiritual continuou. O mecânico médium, com tais páginas cheias de erudição chocou e deixou indignados os críticos e intelectuais da época.Entretanto imposdsível era negar que o que ele produzia era mesmo a continuação do livro inacabado de Dickens. As notas de rodapé que Hermírio coloca são fundamentais pra a compreeensão do contexto da obra. Não deixe de ler na excelente edição da lachatre, a história e também o posfácio.
Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...